Pesquise aqui

Custom Search

sábado, 29 de março de 2014

Calendários de Vacinas para filhotes e adultos

As vacinas são muito importantes para imunizar o animal e evitar que ele contraia doenças sérias, irreversíveis e que podem matar. O calendário de vacinação deve ser feito pelo veterinário do seu animal e seguido à risca. Vacine sempre que estiver marcado na carteirista, podendo mudar a data para uns 5 dias antes ou depois. Mas é importante seguir a ordem e manter o espaço entre as vacinas correto, senão você pode fazer a vacina que seu cão tomou perder a eficácia. 

VACINAS DO FILHOTE

Elas são as mais importantes de todas. É nesse período que a imunização deve ser feita para a vida toda do animal. E é filhote que qualquer doença pode matar por ele não ter o sistema imunológico desenvolvido. O filhote só pode sair de casa de coleira quando completar todas as vacinas de filhote. Ele deve estar com a vacinação completa por volta dos 6 meses. Antes disso ele não pode ter contato com cães de outras casas, passear no chão, ter contato com objetos que tiveram contato com cães desconhecidos. Eu digo cães desconhecidos, porque logicamente se você tiver outro cachorro em casa que está com as vacinas em dia e limpo, o filhote pode ter contato com ele! O maior perigo é a rua e o chão, onde animais de rua e doentes podem ter passado.

Abaixo tem uma foto da carteira de vacinas da Sarita. Essas foram as 3 doses da Déctupla, de 21 em 21 dias, que ela tomou filhote! É a vacina mais importante para o cachorro, principalmente se ele for filhote.



~~ CALENDÁRIO DO FILHOTE

  • 20 Dias: Vermífugo
  • 30 - 42 Dias : Puppy DP (Não obrigatória) + Vermífugo
  • 45 Dias: Déctupla + Vermífugo
  • 75 Dias: Déctupla + Giardia + Vermífugo 
  • 105 Dias: Déctupla +Giardia + Vermífugo
  • 120 Dias: Leishmaniose (Não obrigatória)
  • 135 Dias: Déctupla + Anti-rábica + Vermífugo
  • 165 Dias: Déctupla + Bronco / Tosse Canina + Vermífugo


~~ CALENDÁRIO DO ADULTO
  • Déctupla: Semestral
  • Bronco / Tosse Canina: Anual
  • Giardia: Anual
  • Anti-rábica: Anual
  • Vermífugo: Trimestral


SOBRE CADA UMA DAS VACINAS



Puppy DP - NOBIVAC: Vacina Bivalente (cinomose e parvovirose)
Essa é uma vacina não obrigatória que apenas canis costumam dar aos filhotes. Quando um cachorro nasce de um criador caseiro ele não recebe essa vacina. Ela é contra cinomose e parvovirose, indicada para cães que correm risco ou que vivem em locais com muitos animais. Por isso os canis sérios tem a preocupação de dar esta vacina e vender os animais já vacinados com a vacina Puppy Bivalente. Mas se seu filhote não tem essa vacina na carteirinha não tem problema.



Déctupla V10 - VANGUARD PLUS: Vacina contra cinomose, parvovirose, corovavirose, parainfluenza, adenovirose, hepatite infecciosa e 4 tipos de leptospirose (canicola, grippotyphosa, pomona e  icterohaemorrhagiae)
Essa é a vacina mais importante do cachorro. Ela precisa ser dada a primeira vez ao filhote com cerca de 42 dias com intervalos de 3 a 4 semanas entre as doses. Depois de adulto o cachorro deve tomar a Déctupla 1 vez por amo, durante toda a vida. Ela veio para substituir o uso da vagina Óctupla.


Anti-rábica - DEFENSOR: Vacina contra raiva
Vacina que deve ser dada 1 vez por ano durante toda a vida do animal. A raiva está sendo erradicada do Brasil e por isso existem mutirões anuais de vacinação contra a raiva em postos de atendimento público. A vacina de raiva também é obrigatória caso você queira viajar com seu cão. Ele precisa ter tomado a anti-rábica entre 15 dias e 12 meses antes da data da viagem.




Bronco / Tosse Canina - BRONCHIGUARD: Vacina Contra Tosse dos Canis, Bordetella e Traqueobronquite
É uma vacina que protege o cachorro de infecções e doenças respiratórias sérias. Algumas protegem também contra gripe, mas no geral ela protege contra a traqueobronquite e a Tosse dos Canis.




Giardia: Vacina Contra Giardíase
Protege o cão da Giardia Lambia. Deve ter duas doses quando filhote e depois 1 dose anual. Essa é uma vacina não obrigatória, mas que é importante de ser dada principalmente aos filhotes.



Leishmania: Vacina contra Leishmaniose
É uma vacina cara e optativa. Para que o cachorro possa receber essa vacina ele precisa fazer um exame de sangue para ter certeza que não tem a doença. Após isso ele toma 3 doses de vacina, uma a cada 21 dias. A vacina não evita 100% a chance de contágio por leishmaniose, mas diminui bastante. O cachorro pode ser vacinado ainda filhote com 4 meses, e depois deve receber 1 vacina por ano.

Texto e Imagens: Vívian Roncon

Nenhum comentário:

Postar um comentário