Pesquise aqui

Custom Search

domingo, 12 de maio de 2013

Tosse ou Colapso de Traquéia nos Spitz

COLAPSO DE TRAQUEIA OU TRAQUEAL


A traqueia é composta por anéis cartilaginosos que imitam um tubo flexível. Ela é responsável pela condução do ar até os pulmões. 

Quando o colapso traqueal ocorre, alguns anéis são afetados e perdem um pouco da flexibilidade, perdendo a forma redonda e ficando achatados, dificultando a respiração principalmente se o cão estiver ofegante ou nervoso.

Todas as raças pequenas ou toy são mais suscetíveis ao problema, mas o spitz alemão, poodle, yorkshire, maltês, shitzu, lhasa apso e o chihuahua tem mais chances de terem colapso de traqueia. Geralmente os sintomas começam aos 6 meses de idade, mas os donos começam a perceber apenas com 6 ou 7 anos, quando os sintomas costumam ficar mais fortes.


Causas:
  • Fatores genéticos
  • Fatores nutricionais
  • Alergia a algum produto químico ou poeira
  • Obesidade

Sintomas:
  • Tosse crônica (vídeo)
  • Ruídos ao respirar normalmente
  • Desmaios em alguns casos
  • Pânico por não conseguir respirar direito
Quando as tosses começam é bem feio. Na verdade a gente se desespera! 
Parece que o cachorro se engasgou com alguma coisa, mas não tem nada na boca e não sai secreção do focinho e nem vômito. Se no seu caso o cachorrinho solta secreção pelo focinho, boca ou olhos, procure um veterinário pois pode ser uma gripe canina ou "tosse dos canis", curada com antibiótico.

Tem esse vídeo aqui do youtube que mostra um spitz alemão em uma crise de tosse, veja se com o seu é assim!




O que provoca:

Eles  podem aparecer principalmente quando o spitz praticar muito exercício, se cansando muito, ou quando entrar em um nível de agitação muito alto. Correr, latir, puxar a coleira, fazem a tosse começar. Excitação porque o dono chegou ou exercícios deixam o bichinho em crise.

Vou listar o que pode piorar e fazer as crises começarem e se seu spitz tem colapso de traquéia você deve evitar essas coisas para ele:

  • Muito exercício físico
  • Latir sem sem parar
  • Sustos 
  • Clima muito quente
  • Clima muito úmido (esse não tem evitar, né?)
  • Ingestão de alimentos que ele tenha alergia
  • Poeira ou mofo
  • Compressão de traquéia / Coleira de pescoço

Quando eu cito "Sustos" como causa das crises, eu me refiro a um cachorro grande ficar latindo pro seu lulu, alguém deixar cair algo perto dele, gritos, música alta, acordar o cachorro de forma rude e inesperada.

É muito importante que você entenda que não é porque o seu cachorrinho é um spitz alemão que ele tem esse problema! Mas lembre-se que se o seu spitz tiver, você não deve usar coleira de pescoço nele, exceto aquelas contra parasitas. Compre algumas coleiras de peitoral, pois existem modelos que não amassam os pêlos do lulu da pomerânia. ENFORCADORA NUNCA! Se a compressão da traqueia com colapso continuar o problema pode ser agravado à uma dispnéia (dificuldade de respirar) ainda maior.


Tratamento:

Por mais que as crises de tosse sejam desesperadoras e você ache que seu cachorrinho vai morrer (olha o dramaaaaa =3), o tratamento geralmente é clínico e o spitz NÃO vai morrer hehe
Leve seu cachorro em um veterinário e ele inicará um tratamento à base de remédios que diminuem os sintomas e as crises. Ele também deve pedir um raio-x para ver se existe um colapso traqueal ou não.
Esta foto mostra um caso grava do colapso, nela a traquéia é esta linha mais escura que passa na frente da espinha dorsal do cão. Bem na altura do peito dá pra ver que a linha fica mais estreita... Esse é o ponto do colapso traqueal.

A traquéia é a linha escura que desce do pescoço passando pelo peito do cachorro.

Quando o animal entrar em crise, deixe-o quieto. No máximo o pegue com cuidado no colo ou passe a mão lentamente na sua costa. Não dê excesso de carinho, não assopre seu focinho nem tente abrir a boca. Essas coisas só vão deixar o spitz mais nervoso e e a crise piora ao invés de melhorar. Use palavras suaves e tente acalmar seu cachorrinho sem mexer muito nele.

Nos casos mais graves é indicada a cirurgia. Mas esta deve ser feita por um especialista em traqueias e toda cirurgia é um perigo por conta da anestesia e pós operatórios... Por tanto a cirurgia é evitada pelos veterinários a todo custo.


RECOMENDAÇÃO

Procure um veterinário, conte exatamente os sintomas do seu cachorrinho e se possível grave um vídeo do animal em crise para mostrar ao médico. Conta a ele a sua suspeita por colapso de traquéia e siga as orientações de exame radiográfico ou medicamento para usar em casa. Com certeza ele vai melhorar logo e lembre-se de nunca medicar seu bichinho por conta própria e evitar os itens citados no tópico "O que provoca". Saúde =3

Nenhum comentário:

Postar um comentário