Pesquise aqui

Custom Search

domingo, 12 de maio de 2013

Tosse ou Colapso de Traquéia nos Spitz

COLAPSO DE TRAQUEIA OU TRAQUEAL


A traqueia é composta por anéis cartilaginosos que imitam um tubo flexível. Ela é responsável pela condução do ar até os pulmões. 

Quando o colapso traqueal ocorre, alguns anéis são afetados e perdem um pouco da flexibilidade, perdendo a forma redonda e ficando achatados, dificultando a respiração principalmente se o cão estiver ofegante ou nervoso.

Todas as raças pequenas ou toy são mais suscetíveis ao problema, mas o spitz alemão, poodle, yorkshire, maltês, shitzu, lhasa apso e o chihuahua tem mais chances de terem colapso de traqueia. Geralmente os sintomas começam aos 6 meses de idade, mas os donos começam a perceber apenas com 6 ou 7 anos, quando os sintomas costumam ficar mais fortes.


Causas:
  • Fatores genéticos
  • Fatores nutricionais
  • Alergia a algum produto químico ou poeira
  • Obesidade

Sintomas:
  • Tosse crônica (vídeo)
  • Ruídos ao respirar normalmente
  • Desmaios em alguns casos
  • Pânico por não conseguir respirar direito
Quando as tosses começam é bem feio. Na verdade a gente se desespera! 
Parece que o cachorro se engasgou com alguma coisa, mas não tem nada na boca e não sai secreção do focinho e nem vômito. Se no seu caso o cachorrinho solta secreção pelo focinho, boca ou olhos, procure um veterinário pois pode ser uma gripe canina ou "tosse dos canis", curada com antibiótico.

Tem esse vídeo aqui do youtube que mostra um spitz alemão em uma crise de tosse, veja se com o seu é assim!




O que provoca:

Eles  podem aparecer principalmente quando o spitz praticar muito exercício, se cansando muito, ou quando entrar em um nível de agitação muito alto. Correr, latir, puxar a coleira, fazem a tosse começar. Excitação porque o dono chegou ou exercícios deixam o bichinho em crise.

Vou listar o que pode piorar e fazer as crises começarem e se seu spitz tem colapso de traquéia você deve evitar essas coisas para ele:

  • Muito exercício físico
  • Latir sem sem parar
  • Sustos 
  • Clima muito quente
  • Clima muito úmido (esse não tem evitar, né?)
  • Ingestão de alimentos que ele tenha alergia
  • Poeira ou mofo
  • Compressão de traquéia / Coleira de pescoço

Quando eu cito "Sustos" como causa das crises, eu me refiro a um cachorro grande ficar latindo pro seu lulu, alguém deixar cair algo perto dele, gritos, música alta, acordar o cachorro de forma rude e inesperada.

É muito importante que você entenda que não é porque o seu cachorrinho é um spitz alemão que ele tem esse problema! Mas lembre-se que se o seu spitz tiver, você não deve usar coleira de pescoço nele, exceto aquelas contra parasitas. Compre algumas coleiras de peitoral, pois existem modelos que não amassam os pêlos do lulu da pomerânia. ENFORCADORA NUNCA! Se a compressão da traqueia com colapso continuar o problema pode ser agravado à uma dispnéia (dificuldade de respirar) ainda maior.


Tratamento:

Por mais que as crises de tosse sejam desesperadoras e você ache que seu cachorrinho vai morrer (olha o dramaaaaa =3), o tratamento geralmente é clínico e o spitz NÃO vai morrer hehe
Leve seu cachorro em um veterinário e ele inicará um tratamento à base de remédios que diminuem os sintomas e as crises. Ele também deve pedir um raio-x para ver se existe um colapso traqueal ou não.
Esta foto mostra um caso grava do colapso, nela a traquéia é esta linha mais escura que passa na frente da espinha dorsal do cão. Bem na altura do peito dá pra ver que a linha fica mais estreita... Esse é o ponto do colapso traqueal.

A traquéia é a linha escura que desce do pescoço passando pelo peito do cachorro.

Quando o animal entrar em crise, deixe-o quieto. No máximo o pegue com cuidado no colo ou passe a mão lentamente na sua costa. Não dê excesso de carinho, não assopre seu focinho nem tente abrir a boca. Essas coisas só vão deixar o spitz mais nervoso e e a crise piora ao invés de melhorar. Use palavras suaves e tente acalmar seu cachorrinho sem mexer muito nele.

Nos casos mais graves é indicada a cirurgia. Mas esta deve ser feita por um especialista em traqueias e toda cirurgia é um perigo por conta da anestesia e pós operatórios... Por tanto a cirurgia é evitada pelos veterinários a todo custo.


RECOMENDAÇÃO

Procure um veterinário, conte exatamente os sintomas do seu cachorrinho e se possível grave um vídeo do animal em crise para mostrar ao médico. Conta a ele a sua suspeita por colapso de traquéia e siga as orientações de exame radiográfico ou medicamento para usar em casa. Com certeza ele vai melhorar logo e lembre-se de nunca medicar seu bichinho por conta própria e evitar os itens citados no tópico "O que provoca". Saúde =3

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Lágrima Ácida, Marrom ou Cromodacriorreia

A Cromodacriorréia, conhecida popularmenre como Lágrima Marrom, afeta principalmente as raças:
Imagem da internet


  1. Miniaturas e Toys:  Poodle, Yorkshire, Chihuahua, Spitz Alemão, Schnauzer Miniatura, Basset... etc.
  2. Braquicefálicas (Carinha Achatada):   Pug, Shi Tzu, Bulldog Francês, Bulldog Inglês, Boxer, Griffon de Bruxelas, Japanese Chin, Pequinês... etc. (o gato persa e o exótico entram aqui também!)


LÓGICO que as raças que possuem pêlo longo mostram mais as lágrimas que as raças de pêlo curto!
As raças com pêlo curto também possuem a lágrima, mas é difícil de perceber e geralmente os donos não chegam a se incomodar. A cor do cachorro também é importante, porque se ele for escuro a lágrima não aparece, mas se for claro ela macha! Isso porque na lágrima tem muito ferro, o que a faz ser marrom e com forte poder de impregnar nos pêlos do animal.

Existem duas formas da lágrima sair:

1 - Sempre que a lágrima sai do canal lacrimal escorre focinho do cachorro. É este local que vai vai ficar molhado com o líquido marrom nada bonito. Mas ao mesmo tempo que a lágrima marrom é feia, ela é também inofensiva. 

2 - Quando a lágrima marrom não sair pelo canal lacrimal da forma correta, e escorrer pela pálpebra inferior do animal, o local sujo será a parte inferior do olho. É ali que vai ficar molhado e aí sim a Cromodacriorréia pode trazer problemas, provocando inflamações e a proliferação de bactérias que provocam um cheiro ruim a esta secreção. (Então se a lágrima do seu cãozinho está com cheiro, procure um veterinário)

Em muitos sites você vai encontrar que a lágrima é ácida e queima o pêlo, provocando a mancha. Mas isso é mentira!!!! A lágrima tem o pH neutro, perfeito para a lubrificação do canal ocular dos cães. Um dos seus componentes é a lactoferrina (ferro em excesso) e é ele que provoca a cor escura da lágrima.


TRATAMENTO:
Imagem da internet
Eliminar a causa do lacrimejamento excessivo ou do desvio da drenagem da lágrima, fazendo com que as gotas saiam pelo local correto e indo para o focinho ao invés do rosto. Para a maioria dos casos existe correção cirúrgica definitiva. Em outros casos, ou quando se opta por não realizar a cirurgia, existem algumas dicas de manutenção:

  • Evitar lavar diariamente a região;
  • Manter a região bem seca com gaze, papel higiênico sem perfume, paninho limpo ou lenço de papel;
  • Massagear o canto dos olhos diariamente para evitar entupimento na ponta lacrimal;
  • Aplicar pó de maisena na região abaixo dos olhos para conter a umidade
  • Manter o pelo dessa região bem aparado
  • Algumas pessoas passam um pouco de hipogloss no local que a lágrima está manchando a fim de clarear e deixar uma camada gordurosa para que a lágrima caia e corra por ali sem pegar os pêlos.

Se, com todos esses cuidados, ainda assim você notar a região abaixo dos olhos úmida, mesmo sem a mancha marrom, procure o oftalmologista veterinário para sondar o canal lacrimal, depilar os cílios que estão produzindo o excesso de lágrima ou identificar a causa de base.

Não esqueça que olhos lacrimejantes e a formação de "remela" é um dos sintomas de vermes, então mantenha o vermífugo em dia e observe seu animal para ver se ele tem outro sintoma. Uma ração de má qualidade também pode provocar o lacrimejamento excessivo, então sempre dê a melhor ração que seu dinheiro pode pagar.

Imagem da internet
 










MUDANDO A RAÇÃO
Ninguém sabe explicar ao certo, mas a ração age diretamente na acidez da lágrima dos cães e gatos.
Algumas rações melhoram e outras pioram as lágrimas, influenciando nas manchas amarronzadas. Nesse caso, é interessante mudar a ração que o cãozinho come e ver se as lágrimas diminuem ou aumentam. No geral rações boas diminuem as lágrimas, mas no caso da Sarita, ela só come Eukanuba e está apresentando as lágrimas ácidas.

Nesses casos, existe uma ração, relativamente cara, que diminui quase ao zero as lágrimas nos cães e gatos. Ela é uma ração veterinária chamada Hill`s, que ninguém sabe ao certo porque afeta as lágrimas, mas diminui muito a acidez da secreção.

A Hill`s existe para todos os tamanhos e pode ser usada apenas por alguns meses até a lágrima do cachorro parar. Depois você retorna para a sua ração habitual e torce para que as lágrimas não voltem!


LAGRIMAS DURANTE A TROCA DOS DENTES 
É normal que qualquer alteração nos dentes influencie nas lágrimas dos spitz. Então enquanto ele estiver nesse processo de troca é normal aparecer ou aumentar a lágrima marrom. Após o nascimento dos dentes definitivos a lágrima tende a diminuir. Se ela só aparecer no cachorro adulto, ou se não for embora mesmo depois de adulto, você deve procurar um veterinário para ver se as lágrimas dele tem algum motivo específico. Pelos entrando nos olhos, poeira e biscoitos muito fortes podem dar lágrima nos spitz.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Spitz Alemão Cão Primitivo?

O Spitz Alemão está incluído no Grupo 5 - Cães de tipo Spitz ou Primitivo. Mas que grupo é esse?

Ele é bem variado e por isso possui 7 seções. A seção 2 é a maior de todas por possuir várias raças incluídas. Confere ai!


Seção 1: cães nórdicos de trenó:
Gronlandshund, Husky siberiano, Malamute-do-alasca e Samoieda


Gronlandshund


Seção 2: cães nórdicos de caça:
Cão de ursos da Carélia, Cão sueco de caça ao cervo, Elkhound norueguês cinza, Elkhound norueguês preto, Laika da Sibéria Ocidental, Laika da Sibéria Oriental, Laika russo europeu, Norsk lundehund, Spitz de Norboten e Spitz finlandês.


Spitz finlandês


Seção 3: cães nórdicos de pastoreio:
Buhund norueguês, Cão finlandês da Lapônia, Cão islandês de pastoreio, Lapphund, Pastor-finlandês-da-lapônia e Spitz dos Visigodos


Lapphund


Seção 4: spitz europeus:
Spitz alemão e Volpino italiano


Volpino italiano


Seção 5: spitz asiáticos e raças semelhantes:
Akita americano, Akita inu, Chow-chow, Eurasier, Hokkaido, Kai, Kishu, Jindo coreano, Shiba inu, Shikoku inu e Spitz japonês


Eurasier


Seção 6: cães de tipo primitivo:
Basenji, Cão de Canaã, Cão pelado peruano, Pharaoh hound e Xoloitzquintle


Pharaoh hund


Seção 7: cães de caça de tipo primitivo:
Cão de Taiwan, Cirneco do Etna, Podengo canário, Podengo ibicenco e Podengo português.


Cinerco do Etna


Seção 8: cães de caça primitivo com crista dorsal:
Cão tailandês de crista dorsal


Cão tailandês de crista dorsal


Spitz Tosado?

Sim! Algumas pessoas tosam seus Spitz Alemão por diversos motivos:
  • Dar um ar de filhote
  • Evitar trabalho de pentear
  • Diminuir o calor durante o verão
  • Evitar a queda de pêlos durante a troca
  • Remover nós em cães que não eram cuidados
  • Curar problemas que pele que ficam escondidos
Tem gente que simplesmente acha bonitinho ou que deixa o cachorro ficar tão embolotado de nós que a tosa é a única saída. A tosa é feita com máquina e pode ser completa ou parcial.
Nestas duas primeiras fotos, retiradas da internet, temos dois spitz, o primeiro com a tosa parcial de leão (muito usada no verão) e o segundo com a tosa completa (tosa de filhote)


Tosa de Verão:






Tosa de Filhote:
































No blog tosabebe.blogspot.com eu encontrei essas duas fotos que coloquei aqui. Eu não faria isso com a Sarita, mas sempre tem quem goste, né? Duas tosas completas em dois animais diferentes. O que vocês acharam?


E o grande divulgador da raça! Sim, o cãozinho Boo é um Spitz Alemão e encantou milhões de pessoas no facebook e outros sites. Ele é um Spitz com a chamada "carinha de urso", que é o focinho curtinho. A sorte é que a linhagem do Boo lhe deu muito pêlo na cabeça, que geralmente não existe nos spitz, e por isso ele ficou com essa cabecinha redonda ao ser tosado. Não é lindo? Mas eu continuo dizendo que não tosaria a Sarita hehehe

Boo, tirado da internet
Foto tirada da internet

No caso do Boo, ele tem o corpo tosado com máquina e o contorno da cabeça/rosto é feito com tesoura. A tosa com tesoura é muito bonita e difícil de fazer, usada geralmente para os cães que estão entrando em exposição.
Essa foto mostra um Spitz Alemão todo tosado com tesoura. Dá essa impressão de que o pêlo é sólido.

 

Para conseguir esse efeito, o tosador vai de pedacinho em pedacinho do corpo do cachorro e apara apenas os pêlos longos para ficarem da altura dos pêlos curtos.São os pêlos compridos que pesam e ao serem aparados o corpo do Spitz ganha leveza e os pêlos ficam extremamente formados. Aí cabe ao tosador diminuir em alguns pontos para dar mais forma ao animal. O rabo dificilmente fica com o mesmo efeito do corpo. E não tentem fazer isso em casa!!! Spitz são super agitados e corre o risco de você estragar o pêlo dele e ser obrigado a fazer uma tosa com máquina, ou pior, machucar seu bichinho. Se quiser muito uma tosa de tesoura, procure um banho e tosa que saiba fazer!

Eu prefiro os Lulus da Pomerânia com a pelagem original... Aquelas bolinhas de pêlo que não páram de pular um minuto sequer hehehe. Mas a tosa é um gosto pessoal! E se não tiver tempo de cuidar da pelagem, é melhor manter tosado mesmo =)


MAIS ALGUMAS FOTOS DE SPITZ TOSADOS!











Imagens retiradas do Google.