Pesquise aqui

Custom Search

domingo, 27 de abril de 2014

Luta contra a Cinomose - A História de Simba

  • INTRODUÇÃO À CINOMOSE
Bom gente, a postagem hoje é importante porque muita gente não sabe direito o que é a cinomose e acaba ficando refém dessa doença horrível. A cinomose tem vacina e ela está incluída nas vacinas octuplas, dectuplas, etc... Mas como a única vacina obrigatória é a raiva, muita gente esquece ou resolve não dar a Déctupla todos os anos, deixando o cachorro vulnerável à doença. 

Cinomose mata adultos e filhotes, mas ela também tem cura! Como todas as doenças, depende do nível em que a cinomose está para se livrar dela totalmente ou ficar com sequela. Se o diagnóstico for feito cedo, se seguir o tratamento... O cachorro pode conseguir escapar bem dessa doença. 

Em muitos lugares vocês vão ler que a cinomose não tem cura, que fica pra sempre no cão. Mas ela tem cura sim. Acontece que existem vários níveis da doença, alguns mais leves, outros mais agressivos. Se o cachorro estiver em uma fase neurológica da doença, tendo convulsões, se defecando e urinando, desmaiando, batendo com a cabeça nas coisas, sem conseguir mexer as patas.... Aí ele começa a sofrer tantos danos que mesmo se livrando do vírus causador da cinomose o sistema nervosos dele não consegue se recuperar. É em casos assim que o cão se cura, fica sequelados. Se o cachorro está em uma situação tão seria que não consegue mais andar, mesmo que ele se cure não voltará a andar =( 

Isso faz muitas famílias optarem pela eutanasia, mas não vamos pensar nisso!
Existem muitas chances do cachorro se salvar, algumas sequelas podem ser minimizadas no futuro e se o cão for morrer, que morra sabendo que os donos tentaram o salvar até o fim, né? E eu prefiro meu filho de 4 patas mancando e vivo, do que morto eutanasiado. 

VOU FAZER UMA POSTAGEM ESPECÍFICA SOBRE CINOMOSE, COM TODOS OS SINTOMAS, TRATAMENTO E ETC... EM BREVE PONHO O LINK AQUI NESSA POSTAGEM!

É que essa postagem é especial para mostrar a luta do pequeno Simba para se livrar dessa doença que é muito ingrata. Vamos atualizar aqui com tudo o que for acontecendo a ele, a fim de ajudar donos que estejam passando pelo mesmo problema. Você que tem um cachorro diagnosticado com cinomose, fique calmo! Se desesperar não vai ajudar o cãozinho, ok?


  • SIMBA CONTRA A CINOMOSE
 Vou contar a história de Simba, um lindo filhote de spitz alemão anão, leitor do blog e que desde o primeiro momento foi o centro as atenções e cuidados. Simba veio de um bom canil, criado por pessoas experientes.

A dona dele leu e procurou todas as informações possíveis sobre a raça antes de retira-lo do canil.
Ele foi para o novo lar com 45/50 dias e todos os cuidados foram tomados de imediato:
  • Ele veio do canil vacinado contra cinomose
  • Não teve contato com outros cães
  • Não saiu de casa 
  • As visitas tinham de lavar as mãos antes de pegar nele
  • Foi criado em um quarto limpo e seguro
  • Boa ração 

Essa é a vacina que ele teria recebido no canil.



PRIMEIRA IDA AO VET
Apenas 4 dias após chegar do canil (Repito: 4 dias), ele começou a ter alguns sintomas.
  • Olhos irritados
  • Fezes com uma geleia de sangue
  • Tosses e espirros
  • Sem querer comer

Foi aí a primeira ida ao veterinário e ele começou a tomar três remédios, luftal para gases (pois a barriga estava inchada), um xarope para o estômago e um para abrir o apetite e fazer ele comer mais 


SEGUNDA IDA AO VET
Ficou bem por uns 4 dias, depois começou a ter novos sintomas:
  • Ficou triste
  • Diarreia - gosma amarela com gotinha de sangue
  • Gases

Então ele foi na veterinária pela segunda vez. A veterinária ficou com duas suspeitas, cinomose ou doença do carrapato. Foi feito um exame de sangue e nele deu a presença de infecção! Como o Simba estava com gases, diarreia com gosma (típica de verminose) e saiu uma vermezinha, o diagnóstico da veterinária foi VERMINOSE e infecção intestinal. 

Foi receitado dipirona pro caso de dor e bactrin xarope. 


TERCEIRA IDA AO VET
Ele ficou bem por alguns dias e passou a ter novos sintomas...
  • Sonolência e preguiça de acordar
  • Triste
  • Não brincava direito
  • Tropeçando e andando com as patinhas estranhas

Dessa vez Simba foi levado em uma médica diferente porque a outra estava viajando. A nova médica examinou ele e disse que provavelmente ele estava assim porque a dose de bactrin que ele estava tomando estava alta. Ele voltou para casa e ficou bem...


QUARTA IDA AO VET
Até que por acidente pisaram na patinha dele. Ele mancou da patinha pisada no primeiro dia e depois começou a mancar de todas as patas! Fez xixi duas vezes nele mesmo e como estava mancando, correram com ele pro vet novamente.
Dessa vez os donos foram mais longe e conseguiram uma clínica melhor na Bahia. Uma clínica com mais recursos. O veterinário examinou Simba, fez um raio-x para ver se tinha quebrado algo, mas ele estava com os ossos normais. Foi contado então sobre a suspeita da primeira médica de que pudesse ser cinomose ou doença do carrapato e o vet novo pediu dois exames, um de sangue normal e um específico para cinomose. Este exame funciona como um teste de gravides e o resulto saiu em 35 minutos! Infelizmente deu positivo para cinomose...


O vet explicou que o teste não é 100% confiável mas tudo indicava ser realmente cinomose. A partir dai começou o desespero. Simba estava tremendo a cabeça, o que seriam espasmos e não convulsões! Elas é que são perigosas e graças a deus ele não estava tendo elas. Ele também continuou comendo, bebendo, fazendo xixi e coco normal. 

 

TRATANDO A CINOMOSE
Confirmado o diagnostico de cinomose começou a correria para que ele se cure antes de ter problemas sérios! O quadro dele até o momento é muito bom, se continuar assim e fizer o tratamento tem enormes chances de se curar sem sequelas rapidinho. O veterinário então receitou um antibiótico para evitar que ele pegue uma infecção secundária.


E além do antibiótico o tratamento da cinomose inclui vitaminas e a ribavirina (ou ribovirina), que pode ser encontrada em cápsulas em farmácia de humanos. Mas para evitar que você precise dar cápsulas de ribavirina mais cápsulas de vitaminas para um filhote pequeno, é recomendável fazer um xarope em farmácia de manipulação incluindo tudo! Foi o que o veterinário receitou ao Simba: uma fórmula contra cinomose que precisa ser feita em farmácias que atendam tanto humanos como animais. Essas farmácias que fazem fórmulas para cães costumam ser poucas. No geral uma farmácia por capital.


PARTINDO PARA O PLANO B!
Tudo estaria perfeito se.... Se? Se não fosse sexta-feira santa. Putz! Correria contra cinomose, apenas uma farmácia faz a fórmula que combate o vírus e é feriado? A dona do Simba foi lá no sábado e pra variar a farmácia estava fechada e só abriria na terça-feira, após o outro feriado, tiradentes. 

Com um filhote de 2 meses o tempo é fundamental para que ele melhore e a doença não se agrave. Seriam 4 dias sem tomar a fórmula, apenas o antibiótico. Só que aí veio uma solução paliativa, um plano B.


Enquanto não chega terça para a farmacia abrir e fazer a fórmula, o veterinário avisou que poderia dar ao Simba apenas as vitaminas, compradas em farmácia comum. As vitaminas precisam ser aquelas vendidas em ampolas e as que os donos conseguiram comprar tinham vitaminas A, D e E. Somado às vitaminas o filhote começou a tomar água de côco para ficar bem hidratado!

Como ele continuava comendo, bebendo, fazendo xixi e coco normal, sem convulsões, apenas tremendo a cabeça um pouco... O tratamento deu certo até conseguir comprar a fórmula com ribavirina! 


QUINTA IDA AO VET
Ele começou a ser tratado com a fórmula, mas cerca de 4 dias depois vomitou. Como ele não estava vomitando os donos tiveram medo de ser algum problema e correram para o veterinário novamente. Foram passados alguns remédios para que o estômago dele fique bem. De acordo com o veterinário o antibiótico e a fórmula podem estar sendo muito fortes para o estômago de Simba e esses remédios iriam segurar a flora estomacal dele. Ele também receitou um remedinho para aumentar o apetite do Simba e fazer ele comer mais. No geral Simba continua bem! Mas o veterinário receitou o gardenal apenas para o caso dele ter convulsões.


Simba está bem, chateado de tanto ter que tomar remédios! Também imagine que sacrifício ter que dar gotinhas, xaropes, pozinho... Todos os dias na boca do filhote? Ele se irrita mesmo, é normal. Ele também está procurando lugares escuros para dormir.


Os remédios estão deixando ele meio enjoadinho para comer. Teve um dia que o Simba não quis comer ração, nem franguinho, nem nada. Sugeri triturar a ração em forma de farofa e oferecer pra ele... E funcionou! A ração em pó acaba incentivando cães dodóis a comerem.


A falta de apetite não durou muito tempo! Agora o Simba está muito bem e seguindo o tratamento bem direitinho. O importante agora é torcer para que ele se recupere logo! Qualquer novidade vamos atualizando aqui. Enquanto isso: REZE POR SIMBA!

E segue ele lá no Instagram! @simbamypomeranian


••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

Gente! Simba refez o exame de cinomose agora (07/05/2014) e adivinhem? A doença não está mais ativa! Ou seja, ela dormiu. A cinomose continua no cachorro por 1 ano, mas se ela estiver dormindo ele não precisa dos remédios e pode tomar as outras doses de vacina. Bom né? Muito feliz por essa bolinha de pêlos ter controlado a doença!

Olha uma foto atual dele.


O Simba começou a tomar suco de quiabo, acreditando que ele é milagroso contra a cinomose. Só sei que funcionou, pois rapidamente ele ficou bem e sem os sintomas! ESSE É O POST ONDE EXPLICO E ENSINO A USAR O QUIABO CONTRA CINOMOSE E PARVOVIROSE!

Texto: Vívian Roncon
Fotos: Simba / Judite Spínola 

terça-feira, 15 de abril de 2014

Chocolate? Veneno para cães!

Imagem de verdadeabsoluta.com

Gente, muitos sabem, mas não todos. Por mais que os cães peçam, farejem, salivem, não pode dar chocolate a eles! O cheiro chama a atenção dos cães e é lógico que se você der ele vai comer adorando, mas o chocolate é um veneno e responsável por matar muitos cachorros todos os anos!

E eu não estou falando de muito chocolate não. Apenas um pedacinho, um biscoito de chocolate, sorvete de chocolate, pode intoxicar o animal e trazer sérios danos. Por isso existem chocolates feitos exclusivamente para cães! Eles são encontrados em petshops.

Lógico que a quantidade de chocolate necessária para levar um cachorro à morte depende do porte do animal. Os miniaturas, como o spitz alemão, podem morrer com uma mordida do doce. 


CUIDADOS NA PÁSCOA

Principalmente quem tem criança em casa precisa orientar e tomar mais cuidado. Explique para as crianças que o cachorro irá morrer se comer chocolate e que ela estará salvando a vida do amigo não deixando ele se aproximar do doce, nem para provar! 

Na páscoa explique para todos na casa que os ovos nunca devem ficar na cama, chão ou sofá, mesmo que fechados. Afinal o cheiro convidativo vai fazer o cão abrir a embalagem e comer. 
Conheço uma pessoa que perdeu um yorkshire na páscoa! Ela estava comendo o ovo de chocolate na cama, levantou pela ir no banheiro e quando voltou o cachorro já estava morto em cima da cama após comer 1/4 do ovo tamanho 15. Então não arrisque da sorte nem por 1 minuto! E não atice seu cachorro a querer chocolate, falando com ele de perto com hálito do doce, deixando lamber seus dedos, etc... Ele vai aprender que além do cheiro o gosto é bom! Aí ele tentará conseguir o chocolate sempre que o farejar.

Imagem de saudeanimal.com.br

PORQUE O CHOCOLATE MATA?

O chocante possui uma substância chamada TEOBROMINA que é da mesma família que a cafeína. Acontece que a teobromina é encontrada principalmente no cacau e no guaraná. O chocolate branco tem uma taxa um pouco menor da teobromina, mas o chocolate ao leite e o amargo possuem uma enorme quantidade dela.

A quantidade de Teobromina é pequena o suficiente para que o homem consiga a digerir e metabolizar. Mas para os animais, que possuem um metabolismo mais lento, a Teobromina não digerida causa o envenenamento e a morte.

A intoxicação por Teobromina inclui:
  • Lesões no sistema nervoso
  • Crises alérgicas
  • Desidratação
  • Exitação
  • Arritmia ou taquicardia 
  • Tremores
  • Ataques epilépticos
  • Aumento da pressão arterial 
  • Coma
  • Morte

E além de tudo isso, o chocolate possui uma enorme quantidade de açúcar. E tanto ele como outros alimentos doces não devem ser dados aos cães para evitar as cáries e outros problemas dentários.

CHOCOLATE ESPECIAL PARA CACHORRO

Para suprir essa falta e essa vontade (que geralmente vem dos donos), algumas empresas desenvolveram um chocolate específico para cães. Na verdade não é chocolate! Não possui açúcar nem teobromina, apenas tem o cheiro e o sabor semelhantes ao do chocolate que conhecemos. Em qualquer petshop você encontra diversos tipos diferentes, inclusive ovos para a páscoa!


Texto: Vívian Roncon

Imagens:
Pet Rede - petrede.com.br
Saúde Animal - saudecanina.com.br
Verdade Absoluta - verdadeabsoluta.com