Pesquise aqui

Custom Search

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Excalibur - Cachorro contaminado por Ebola é sacrificado na Europa


O cachorro chamado Excalibur pertencia a uma enfermeira que contraiu o vírus mortal após tratar um padre, que morreu mês passado em Madrid. A enfermeira e o marido estão de quarentena, mas o governo espanhol decidiu sacrificar o cachorro para evitar riscos de contagio por humanos! 


Alguns cães podem conviver com o Ebola sem demonstrar sintomas, mas mesmo assim, seus fluidos corporais, secreções e sangue, podem transmitir o vírus. Por isso, para tentar evitar o sacrifício do animal, pessoas e ONGS do mundo todo fizeram manifestações em redes sociais e abaixo-assinados online para que o cachorro fosse colocado de quarentena ao invés de assassinado. Mas não ge e jeito. Hoje, 08/10/2014, o governo espanhol matou Excalibur.


O governo conseguiu um mandado de justiça para fazer a eutanasia, já que os donos, infectados e de quarentena, estavam revoltados e contra essa decisão. Mas alegando medidas de biossegurança não especificadas, o animal foi sacrificado e seu corpo será incinerado para que o vírus seja exterminado.


O sacrifício causou revolta geral na internet e principalmente nas pessoas da região. Muitos se dizem envergonhados por serem humanos e por fazerem parte dessa raça mesquinha e má. Que mata sem motivo e que só pensa em si mesma. Varias fotos foram postadas como homenagem ou protesto pela morte de Excalibur.




Agora só nos resta torcer para que o vírus se controle logo... Que as pessoas parem de morrer e se contaminar. Assim nossos animais também ficam seguros e não correm risco de serem assassinados como fizeram como Excalibur.

Texto: Vivian Roncon

Nenhum comentário:

Postar um comentário